quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Ano novo

Bom dia meus amigos e amigas

Hoje, pela tradição brasileira começa o ano. E eu começo o meu octagésimo segundo ano, diante de uma realidade.

A agropecuária-florestal brasileira - de base eminentemente privada - é altamente competitiva mundialmente e é a grande alavanca da retomada do crescimento econômico brasileiro. Tornou-se o principal motor da economia brasileira. O Brasil já assegurou o papel de "celeiro do mundo".

Mas não pode se contentar com esse papel. Tem que usar essa base para tornar o seu agronegócio - como um todo - em mundialmente competitivo e tornar-se:

  • alimentador do mundo;
  • maior supridor mundial de combustíveis de fontes renováveis;
  • maior supridor mundial de fibras naturais. 


Essa é a proposta de projeto nacional, ou projeto Brasil, que apresento publicamente, neste início efetivo do ano de 2018.

Para reflexão e discussão. E conclamo os meus amigos e amigas. Meus leitores e leitoras. Adeptos e desafetos a difundir e discutir. 

Vamos discutir Brasil e não apenas programas de governo de candidatos e medidas macroeconômicas do Estado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Moradia da miserabilidade

Moradia não se resume a um teto para viver (ou sobreviver). E um local de repouso do trabalhador e para abrigar a sua família. O responsáv...